Archive for 15 de Dezembro de 2015

Sabor da Itália!

 

     Trago hoje uma receita dum prato simples, apreciado por miúdos e também por graúdos. Trata-se dum prato de origem italiana que se tornou num manjar do dia a dia. A receita que lhe trago, é uma versão concebida para os resistentes aos vegetais. Estou a me referir, sobretudo, às crianças e aos adolescentes que têm aversão as hortaliças. Muitos deles não gostam de trincar pedaços de vegetais.Os legumes que farão parte da receita, deverão ser ralados e picados, de maneira que os mesmos não se façam apresentar em formatos que assustem os pequenos apreciadores deste prato.
     Esta receita é dedicada à Tânia Sanzuela que gosta muito de esparguete:
ESPARGUETE À BOLONHESA COM VEGETAIS
Esparguete à bolonhesa
     Ingredientes:
  • 250 g de esparguete branco ou integral
  • 300 g de carne picada (bovina ou bovina e suína)
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 3 dentes de alhos picados
  • 1 cebola picada
  • 1/2 alho francês picado
  • 1 cenoura descascada e ralada
  • 1 curgete ralada
  • 4 tomates sem cascas nem sementes picados ou 1 lata pequena de tomate pelado picado
  • 1 colher (sopa) de tomate concentrado ou de polpa de tomate
  • 1 folha de louro
  • sal q.b.
  • pimenta moída (preta ou branca)
  • 2 ramos de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de orégão  seco ou fresco picado
   Preparação:
     Num tacho, leve ao lume o azeite, a cebola, os alhos, o alho francês a refogar, sem deixar alourar os ingredientes. Acrescente a carne picada, mexa até a esta se soltar em miudinhos.
     Adicione a cenoura, a curgete, o tomate, a polpa de tomate, a folha de louro, o sal e a pimenta. Deixe cozinhar em lume brando durante 15 minutos. Se o molho secar, acrescente um pouco de água. Quando a carne e os restantes ingredientes estiverem cozidos e o molho estiver apurado, junte a salsa e o orégão e retifique o sal. Depois, apague o lume.
     Num outro tacho, coloque água abundante com sal e leve ao lume. Deixe ferver e acrescente o esparguete. Mexa-o de forma a se soltar. Quando estiver al dente, isto é, não extremamente cozida, escorra a massa e passe-a por água fria corrente. Assim que tiver completamente escorrido, despeje o esparguete num recipiente e deite um fio de azeite.
    Sirva o esparguete com a carne picada.
Por favor, capriche mais do que eu! Bom capricho! Bom apetite!
Please follow and like us:

Dia de chuva!

 

     Hoje tem chovido bastante em Lisboa. Pelo que parece, em todo o Portugal continental. Quando se está em casa ou quando se chega à casa, depois do trabalho ou de uma outra atividade, sente-se vontade de alimentar o corpo com alimentos de que se gosta. Uma infusão de chá, um café fumegante, um chocolate quente… Uns biscoitos, uma fatia de bolo de chocolate, uns bombons… Tudo isso são desejos que pairam na cabeça de qualquer um, num dia como o de hoje. Estar na cama, no sofá envolto numa manta, a ver um filme ou uma série preferida, é o que mais apetece cada um fazer, num dia de outono com prenúncio de inverno. São suposições minhas!
     Hoje pensei em partilhar uma receita de um “prato” que se deve ingerir quente e que reconforta o corpo. Um “prato” que se come usualmente, quando se está enfermo. Também é um prato apreciado por muitos, creio eu.
     A imagem que hoje aqui apresento é da minha autoria, mas o “prato” foi confecionado pelo meu marido, no dia em que extraí um dente. Só não pude comê-lo quente. Todavia, este “prato” serve para se comer nos dias de frio e de chuva, nos dias em que se é obrigado a fazer uma alimentação líquida,  nos dias de festa, enfim, em qualquer ocasião.
     Aqui vai a receita:
CANJA DE FRANGO
Canja
     Ingredientes:
  • 1/2 frango
  • 2 l de água
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alhos
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de hortelã
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 pitada de sal ou quanto baste
  • 1/2 chávena (chá) de massa para sopa ou arroz
     Preparação:
     Numa panela pequena, deite a água, o frango  partido em pedaços sem pele, a folha de louro, os alhos cortados ao meio, a cebola cortada em quatro e o sal. Leve ao lume e deixe ferver durante 25 minutos. Depois do frango estar cozido, coe o caldo para um recipiente, através de um coador ou de um chinês. Caso o caldo tenha excesso de gordura do frango, retire-o com uma colher. Entorne o caldo na panela pequena e leve outra vez ao lume. Assim que levantar a fervura, deite a massa ou o arroz e o azeite. Deixe ferver até a massa ou o arroz ficar cozida ou cozido. Ao longo da cozedura, se o caldo diminuir muito, acrescente água proporcionalmente a quantidade da massa ou do arroz que se encontra na panela. Desfie o frango e acrescente à canja. Retifique o sal. Por fim adicione as folhas de hortelã.
Se preferir a canja com pedaços de frango, como mostra a imagem sugestiva, pode deixá-los estar. Faça tudo a seu gosto.
     Capriche bem! Mais do que eu! Bom capricho e bom apetite!

 

Please follow and like us:

Mais do mesmo… mas diferente!

 

 Lembra-se da última receita que publiquei? A do bolo inglês? Lembra-se? Pois é! Vamos utilizar a mesma receita para fazermos um outro bolo. A diferença está em mudarmos alguns ingredientes. Os ingredientes básicos serão sempre o suporte da massa.
     Ora aqui vai uma nova e conhecida receita:

BOLO DE LARANJA

Bolo de laranja 1

Ingredientes
Massa:
3 ovos
250 g de margarina
250 g de açúcar
250 g de farinha de trigo
1 dl de sumo de laranja
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
1 colher (café) de bicarbonato de sódio (opcional)
raspa da casca de uma laranja
Calda:
1 chávena (chá) de açúcar
1/2 chávena (chá) de sumo de laranja
Cobertura:
1 chávena (chá) de açúcar em pó
4 colheres de sumo de laranja
Decoração:
Casca de laranja cristalizada
Preparação:
     Unte com margarina uma forma, da sua preferência, e polvilhe-a com farinha de trigo. Numa tigela amasse a margarina amolecida com o açúcar até que se torne numa massa esbranquiçada. Adicione os ovos, um a um, e vá amassando entre cada adição. Junte o sumo de laranja e misture. Envolva a farinha de trigo peneirada com o fermento e o bicarbonato de sódio. Por fim, misture ao preparado, a raspa da casca de laranja. Deite a massa na forma e leve ao forno, previamente aquecido à 180º C. Coze cerca de 25 minutos. No entanto, vigie o bolo e verifique a sua cozedura através do teste do palito (seco ou molhado). Se o palito estiver seco, então o bolo está cozido. Se estiver molhado, significa que o bolo não está completamente cozido. Desenforme o bolo e deixe-o arrefecer.
     Leve ao lume, numa caçarola, o açúcar e o sumo de laranja e deixe ferver durante 3 minutos. Deixe repousar cerca de 5 minutos e regue o bolo.

     Numa taça pequena, misture bem o açúcar em pó e o sumo de laranja e cubra o bolo. Decore-o com casca de laranja cristalizada ou decore-o  a seu gosto.

Capriche mais do que eu! Bom capricho! Bom apetite!

Bolo de laranja 2

Ups! Já ia me esquecendo de deixar aqui uma dica!

Porque não fazer também, uns queques, uns muffins, ou o que seja, de laranja?
Com a mesma massa de bolo de laranja, encha umas formas de queques ou de cup cake (como muito  se chama) ou ainda umas formas de muffins e leve ao forno à 180º C.  Deixe cozer, tire do forno e mergulhe os pequenos bolos na calda de laranja que fez, a partir da receita, acima publicada. Deixe escorrer sobre uma grelha. Decore o topo com raspa de laranja ou com o que for do seu gosto.        Se achar necessário, coloque os bolos nas formas de papel.
Aqui fica a sugestão.

Capriche! Mais do que eu, claro! Bom capricho! Bom apetite!

Bolinhos de laranja
Please follow and like us:

O primeiro dia!

Bem-vindo(a)!
     Hoje é o primeiro dia deste blog dedicado à culinária. Como pode constatar, chama-se Capricho. Trata-se de um nome associado ao verbo caprichar. Ao longo da composição deste blog, gostaria que o verbo fosse conjugado no presente do indicativo por todas as pessoas que por aqui passarem:
eu capricho no que faço
tu caprichas no que fazes
ele(a) capricha no que faz
nós caprichamos no que fazemos
vós caprichais no que fazeis
eles(as) capricham no que fazem
     Cada pessoa acima referenciada há-de, com certeza, fazer parte do meu universo da culinária. Eu própria cozinho sozinha e procuro caprichar nos pratos que confeciono. As pessoas a quem trato por tu fazem o mesmo. Ele ou ela, de igual forma, capricha na cozinha. Quando eu e os da minha “turma” preparamos as iguarias de festas e de convívios, caprichamos mesmo! Estou certa de que vós, os meus leitores, caprichais nas refeições que preparais para os vossos familiares e amigos. Eles e elas, não são exceção.
Fico por aqui de palavreados e passo de imediato ao que interessa: a primeira receita. Não é novidade nenhuma para os que conhecem e sabem fazer bolo abaixo mencionado. É mais uma contribuição com mais uma versão de apresentação.

 BOLO INGLÊS

Bolo Inglês 1

Ingredientes da massa:
  • 3 ovos
  • 250 g de açúcar
  • 250 g margarina
  • 250 g de farinha de trigo
  • 200 g de fruta cristalizada
  • 1 dl de leite
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó
  • 1 colher (café) de bicarbonato de sódio (opcional)
Preparação:
Numa tigela, bata a margarina amolecida com açúcar até formar um creme esbranquiçado. Adicione os ovos, um a um e vá batendo. Acrescente o leite e bata mais um pouco. A seguir, junte a farinha peneirada com o fermento e o bicarbonato de sódio. Por fim misture ao preparado a fruta cristalizada com uma colher. Deite a massa numa forma de bolo inglês, previamente untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo. Leve ao forno à 180 º C. Deixe cozer cerca de 25 minutos. Vá vigiando e tire o bolo do forno, quando estiver cozido. Para se certificar de que a massa está cozida, introduza um palito na mesma e verifique se o palito está seco ou tem a massa agarrada ele. Se o palito estiver limpo, o bolo está cozido, caso contrário, deixe o bolo completar a cozedura.
Depois de desenformado, deixe-o arrefecer.
Cobertura
Misture 1 chávena de chá de açúcar em pó com 4 colheres de sopa de água e 1 colher de chá de sumo de limão. Cubra o bolo com o creme e enfeite com fruta cristalizada.
Capriche, mais do que eu! Bom capricho! Bom apetite!
Bolo Inglês 2
Please follow and like us:
Recent Entries »